Canções Mortas

by Coelho Radioactivo

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
2.
04:05
3.
04:46
4.
04:51
5.
04:18
6.
05:16
7.
06:03
8.
9.
03:37
10.

about

GR031 — Coelho Radioactivo — Canções Mortas



All songs are written by Coelho Radioactivo who played all the instruments except for Pistola in which he was joined by Pedro Teixeira on the drums, Ricardo Barros on the bass and Carlos Rosário on the keyboards. Some synthesizers on Braços were also played by Carlos.

All songs were recorded, produced and mastered at Bau Uau by Coelho Radioactivo except for Sangue which was recorded, produced and mastered at ESMAE by Pedro Oliveira.



Artwork by Coelho.

credits

released December 15, 2014

tags

license

all rights reserved

about

Gentle Records Porto, Portugal

Gentle Records is based in Porto, Portugal, since 2012.

We take care of your eardrums by gently putting on some records of our own.

contact / help

Contact Gentle Records

Streaming and
Download help

Track Name: Uma Nova Jerusalém I
Vem pra casa outra vez,
corre longe meu filho
pelo bem que está pra vir.
Track Name: Pistola
Não sejas tola,
guarda lá essa treta,
ainda magoas,
alguma pessoa

É que eu não quero passar a noite
numa esquadra qualquer.

Os pássaros ainda voam,
as pedras ainda rolam
mas tu ainda não guardaste essa treta
guarda lá essa pistola.

É que eu não quero passar a noite
numa esquadra qualquer.
Track Name: Sangue
A culpa é tua
vai haver sangue,
vai haver sangue na mesa

vai haver manchas
estranhas na parede

dorme agora enquanto podes
dorme agora, enquanto podes
dorme agora enquanto podes

depois vais correr,
pela tua vida
dorme que depois vais correr

sabes querida
não sou eu quem
quem te quer mal

mas o que nasce do chão demora mais.

dorme agora enquanto podes
dorme agora, enquanto podes
dorme agora enquanto podes

depois vais correr,
pela tua vida
dorme que depois vais correr
Track Name: Braços
Dá-me um beijo,
de manhã.
Dá-me um beijo,
pr' acordar bem
do outro lado do rio
o fogo e o vento
os teus braços em fio
enrolados em mim docemente
Track Name: De vez
Dizes que desta foi de vez
que sob a tua espada ela pereceu
que se nada mais te fizer bem
tens a tua guitarra e a tua mãe

Ela é um mal, que não desejo a ningém,
só a mim

Se antes foram precisas
mil poções,
pra que ela te abraçasse
tu matas mil feiticeiros
pra nunca mais ver a prisão,
dos seus braços

Ela é um mal, que não desejo a ningém,
só a mim
Track Name: Deito
Deito a minha cabeça
no teu ombro de pistola
e espero que anoiteça

os meus miolos,
espalhados,
e o crânio,
aberto

Os teus olhos são tesouras,
que me cortam o sono
disparas alfinetes,
quando falas

Deito a minha cabeça
no teu ombro de barbear
e espero que a banheira, echa.

Os teus olhos são tesouras,
que me cortam o sono
disparas alfinetes,
quando falas
Track Name: Cavalo
Do alto do teu cavalo,
disseste adeus a toda a gente,
mesmo sem querer mostrá-lo
os teus olhos falaram de repente.

Tu queres marcar um café
com gajos que eu não vejo há bué
mas eu só te queria ter dito
o que não disse e nunca mais falar contigo
Track Name: O Juízo
Levaste-me a casa,
tomaste conta de mim

mas ó meu deus,
estás a perder o juízo

ó meu deus,
estás a perder o juízo

ó meu deus,
estás a perder o juízo

Mil balas,
voam contra o meu peito
quando olhas para mim

mas ó meu deus,
estás a perder o juízo

ó meu deus,
estás a perder o juízo

ó meu deus,
estás a perder o juízo
Track Name: Já Vai Embora
É só,
mais uma nuvem,
já vai embora,
já vai embora

É só,
mais um mau bocado,
já vai embora,
já vai embora

É só,
mais um sol que se põe outra vez
não tenhas medo,
vai voltar amanhã.